Desenvolvido por Quality Publicidade

SHOPPING MAIA

PAULO FACCINI

AGENDE VIA WHATSAPP

Não é de se admirar que os cortes médios continuem no radar depois de tantas temporadas: dia sim, outro também nos deparamos com famosas aderindo ao comprimento, não é mesmo? “Eles virão com bastante movimento e podem ser feitos em camadas – principalmente se o cabelo for fino, para ganhar volume – ou ter as pontas repicadas”, antecipa Rodrigo Cintra, hairstylist do Studio W Iguatemi (SP) e co-apresentador do programa Esquadrão da Moda no SBT.

O protagonismo duradouro dos médios também pode ser explicado pelo fato de ser um dos cortes de cabelo mais democráticos: apenas algumas adaptações são necessárias de acordo com o formato do rosto. “Nos redondos, por exemplo, o corte pode ter um leve desfiado nas pontas para alongar. Nos quadrados, uma franja longa com camadas leves ajuda a equilibrar”, completa Rodrigo.

Se você é dona de cabelos crespos ou cacheados, vale também apostar em uma versão cheia de volume com camadas conectadas: elas dão melhor caimento e ainda conferem movimento, do jeito que as brasileiras gostam! A sugestão do profissional é usar as madeixas repartidas ao meio ou jogadas em uma das laterais. Ah, e esse corte de cabelo também combina com penteados mais despojados, como os semipresos e rabos de cavalo baixinhos.

Cortes de cabelo 2018: tendências quentes para atualizar o visual